Confira a segunda parte da nossa publicação. “Roteiros gastronômicos pelo Brasil – Região Nordeste”.

Roteiros gastronômicos – Os sabores da região Nordeste

Rio Grande do Norte

O Rio Grande do Norte é o principal produtor de camarão no país e isso, claro, se reflete diretamente na sua culinária; principalmente na da capital. O bobó de camarão é uma delicia tradicional com sabor incomparável e certamente, um dos principais pratos na região.

Outra comida popular no Brasil inteiro e que na região potiguar é uma das preferidas é o feijão. Seja de corda, verde ou fradinho. As combinações são diversas; mas a que mais faz sucesso é a do feijão verde com queijo coalho e nata cremosa. Qualquer turista que venha ao RN não pode deixar de experimentar.

Queijo coalho assado
O queijo coalho é um dos principais ingredientes da culinária nordestina. Em Natal, a pedida principal é com feijão – Foto: Ministério do Turismo

Por falar em queijo, o de manteiga é uma tradição no Rio Grande do Norte, bem como de toda a região Nordeste. A fabricação dessa delicia é feita principalmente em pequenas fazendas no interior, o que deixa o sabor ainda mais especial.

Dentre as sobremesas a cocada é uma excelente pedida, famoso doce de coco com açúcar claro ou escuro, popular em toda a região nordeste e até fora dela. 

O doce de caju em calda e a cartola, também muito querida em Pernambuco, também fazem as honras quando o assunto é sobremesa. Nessa lista ainda temos o doce de leite granulado e o próprio caju, servido como suco, em doces, bolos e alguns bebidas. 

Paraíba

A culinária paraibana, assim como quase todas as outras que já conferimos na nossa série de publicações, é mais uma que diversificou-se a partir da mistura de outras culturas gastronômicas.

Dos povos africanos, herdaram a mistura de molhos, o cultivo da cana-de-açúcar e os pescados como ingrediente principal para muitos dos seus pratos.

No litoral do estado, as moquecas com leite de côco fazem sucesso entre residentes e turistas; o camarão, servido em variados pratos, e principalmente o caranguejo aparecem em seguida, enchendo os olhos e dando água na boca de qualquer um que visita a região.

Na “mistura” paraibana, alguns dos pratos mais famosos e saboreados incluem também a buchada de bode, a galinha a cabidela, a galinha capoeira e a tradicionalíssima carne de sol.

Da mesma forma, o Rubacão apresenta-se como um dos melhores pratos da Paraíba. A iguaria nada mais é que uma versão incrementada do baião-de-dois, mas com uma diferença: o Rubacão pode receber diversos outros ingredientes, acentuando ainda mais o seu sabor.

Delicias juninas o ano todo

Quando o assunto é doces e sobremesas, a Paraíba não deixa a desejar. Os já mencionados anteriormente bolo de rolo e cartola também são muito populares na região. Mas uma sobremesa tipicamente paraibana e que pode ser até estranha de início é o pastel de açúcar.

A iguaria consiste em um pastel de carne coberto de açúcar de confeiteiro e que pode ser acompanhado ainda, de um bom caldo de cana. É incrivelmente saboroso, nós garantimos. 

A mandioca também faz muito sucesso por aqui, sendo parte de muitas das refeições na região. Quem adora as delicias juninas também vai amar fazer um roteiro gastronômico na Paraíba, afinal, algumas delicias como a Pamonha e a Canjica,tipicamente juninas, podem ser encontradas o ano todo por aqui.

A cultura de bar paraibana também é uma experiência que vale a pena. O estado é conhecido, por exemplo, na produção e fabricação de cachaça. Já como tira-gosto, os bares paraibanos usam muito a fava como opção. A tripa de porco frita também é muito apreciada nos bares e botecos locais. 

Alagoas

A culinária Alagoana segue muito dos padrões da cozinha nordestina; com a diferença de que por aqui, os peixes de água doce fazem mais sucesso entre moradores e consequentemente, turistas.

O carro chefe da região é o Sururu; peixe tradicional servido em sua própria casca acompanhado por molho, arroz branco e pirão. Outros pescados muito consumidos por aqui são o camarão, polvo, siri, lagosta e o carapeba.

Assim como no Rio Grande do Norte, o feijão é outro clássico da cozinha Alagoana; aqui acompanhado de farinha de mandioca, carne de charque ou carne de sol desfiada.

Essa combinação na verdade leva o nome de arrumadinho; um dos melhores pratos de Alagoas, encontrados de norte a sul do estado.

Os doces também são super deliciosos. Em sua maioria preparadas a base de frutas locais como o caju, a siriguela e a graviola.

Piauí

Na região do Piauí, não pode faltar farinha, pirão e pratos a base de molho como a galinha a cabidela, capoche ao molho e galinha ao molho pardo. A panelada e o sarapatel tem também seu lugar cativo na mesa piauiense. 

Panelada, prato tradicional do Piauí
A panelada tem lugar especial na mesa piauense – Foto: Ministério do Turismo

Entre os pescados, o camarão, as ostras, o caranguejo e claro, o peixe não deixam de entrar nesse balaio saboroso. O acompanhamento principal é a Maria-Isabel, um arroz misturado com outros ingredientes muito benquista na região e que sem dúvidas, tá na mesa de todo piauiense! 

O capote, peixe tradicional de Alagoas também é muito consumido por aqui. Outra maravilha dos pescados piauienses é a caldeirada e a frigideira de camarão; além do peixe ao leite de coco e as casquinhas de caranguejo.

Para a hora do lanche ou do café da manhã, o bolo frito e o bolo de goma são certamente indispensáveis para você que quer viver a cultura gastronômica local. O bolo frito é um bolinho de polvilho feito somente com queijo parmesão ralado, leite, óleo e goma. Receita super simples e como resultado temos um dos melhores sabores da região. Com um cafézinho é coisa de outra mundo! 

O bolo de goma é outra receita simples. Leva os mesmos ingredientes com o acréscimo de ovos e fermento. Um bolo salgado e fofinho, delicioso também para aquele café da tarde! 

Já os doces daqui também são provenientes principalmente das frutas locais, seguindo a tradição nordestina. Os principais frutos utilizados são o buriti, groselha, manga, goiaba caju e manga.  

Sergipe 

Semelhantemente ao restante da região Nordeste, um forte de Sergipe são os frutos do mar, sendo o principal deles o caranguejo.

Aqui é possível comer o tradicional caranguejo, bem como o aratu, caranguejo pequenininho oriundo dos mangues. Esse marisco pode ser encontrado aqui em pastéis e outros salgados, além de claro, nos pratos tradicionais dos restaurantes locais.

Outros frutos do mar muito consumidos na região sergipana são o camarão, o salmão, lagosta, lula e polvo. Delicias que certamente não podem faltar no seu roteiro gastronômico.

Frutos do Mar: Lagosta e peixe. Ingredientes importantes na culinária de Sergipe.
Frutos do Mar: Lagosta e peixe – Foto: Ministério do Turismo

Aliás esses pescados são a base para o caldo de frutos do mar, uma das melhores iguarias de Sergipe.


Já conferiu os outros artigos da nossa série Roteiros Gastronômicos pelo Brasil?Embarque nessa viagem gastronômica pelas 5 regiões do país e descubra pratos deliciosos e que fazem parte do dia-a-dia da nossa gente. 

Gostou? Compartilhe nas suas Redes Sociais! :)