A música decerto está presente na nossa vida o tempo todo. Cada um de nós tem um playlist especial para cada momento: seja enquanto fazemos algo em casa, estudamos, trabalhamos e claro, quando viajamos.

Aliás, música e viagens são coisas inseparáveis. Sentar no avião e colocar um fone de ouvido é uma ação quase instantânea. Mergulhar na cultura local através de sua musica nos ajuda a entender mais sobre nossos destinos; ou mesmo, cair na estrada com os amigos e curtir todo o trajeto ouvindo alguns sons.

Estando a música em todos os lugares possíveis, é essencialmente imutável sua relação com seus criadores, espaços, cidades, países e até não-lugares ao redor do mundo. Bem como a interferência de culturas musicais variadas ao redor do globo na formação de diversos gêneros que já embalaram e continuam embalando muitas de nossas viagens.

Nós já publicamos anteriormente uma lista com 10 álbuns essenciais para curtir durante sua viagem. Nesta publicação, a lista é de 10 canções inspiradas ou sobre destinos famosos, que, por algum motivo, foram especiais ou dignas de nota para seus autores. 

Quem sabe nossa lista de indicações também se torne sua lista de próximos destinos a visitar.

Hollywood, Madonna 

Nesse hit de 2003, Madonna reflete sobre os altos e baixos de um dos lugares mais famosos e desejados do mundo. A região foi fundamental para a difusão da sétima arte, ainda enquanto ela crescia.

Muitos estúdios cinematográficos instalaram-se lá e deram fama à cidade dos grandes letreiros, que de longe anuncia a imponência do lugar. Nesta música, Madonna questiona a superficialidade da cidade dos sonhos e alerta que é preciso cuidado para não se perder em meio a todo esse deslumbre. E não poderia ser diferente nesse lugar mágico.

Budapest, George Ezra 

O jovem cantor e compositor britânico estourou para o mundo todo, principalmente na Europa, com esse mega hit. A belíssima capital da Hungria serviu de inspiração para Ezra contar nessa música que deixaria até seu terreno na cidade caso o seu amor assim desejasse. Além de deixar para trás familiares e amigos. A música começou a estourar pela Europa e seguiu o globo afora na boca de todo mundo. 

Avenida Sete, Maglore 

Os baianos da enérgica e agradável Maglore compuseram essa música de verdadeira ode à Bahia. A Avenida Sete em questão trata-se da Av Sete de Setembro, uma das principais e mais históricas vias de Salvador.

Nela, o cantor e compositor Teago já começa: Ah, Avenida Sete me leve com carinho/ Do Porto da Barra até o Pelourinho/ Vou te dando versos porque você me dá todo o prazer de ser, de me identificar/ Com essa confusão da Lapa na Sé. A música começa numa levada tranquila e vai numa crescente carnavalesca muito divertida, claro. 

Terral, Ednardo 

Um inegavelmente clássico do cearense Ednardo. Uma de suas mais conhecidas músicas fala justamente da terrinha, como é conhecida a cidade de Fortaleza .

Nesta música, várias referências à capital cearense, tais como a Praia do Futuro, a Aldeota e o Farol do Mucuripe. A música ainda retrata um pouco de como foi uma parte do crescimento da cidade, falando de uma época onde a mesma ainda se assemelhava a tranquilidade da então vila de pescadores que era Fortaleza. 

Hotel California, Eagles 

E por falar em clássico, esse é imprescindível! Decerto existe muito misticismo e boato em torno desse hit – desde seu lançamento em 1976 até os dias de hoje-. Possivelmente o boato mais real dá conta de que o Hotel California realmente existe e serviu de inspiração para a banda americana. Trataria-se do Beverly Hills Hotel, situado em Los Angeles, Califórnia. A foto da capa do disco homônimo ao qual pertence a música foi tirada nesse hotel.

Do Leme ao Pontal, Tim Maia 

O empresário, cantor, compositor e instrumentista carioca Tim Maia deixou seu legado na música brasileira para a posterioridade. Símbolo expoente do soul e funk brasileiros bem como um dos principais nomes de toda a nossa música, Tim certamente não poderia ficar fora da lista.

Nessa música que é um de seus clássicos mais conhecidos, Tim nos leva para um delicioso passeio groovado pelo Rio de Janeiro , nos apresentando pontos como a Praia Vermelha e os bairros Botafogo e Flamengo. Um hino atemporal cantado de norte a sul do Brasil, onde todo brasileiro canta como se fosse sua própria cidade. 

Empire State of Mind, Alicia Keys & Jay-Z

De fato o Empire State Building é uma das construções mais importantes do mundo, similarmente sua cidade, Nova York , é das mais queridas e principalmente visitadas por turistas.

Posto isso, a música de Alicia Keys e Jay-Z exalta a cidade e sua cultura, pontuando lugares e costumes nova iorquinos. O Empire State é aberto à visitação mediante compra de ingresso e tem uma vista privilegiada de New York. São 102 andares distribuídos em 443m de altura.

Taj Mahal, Jorge Ben Jor 

Uma música descontraída de Jorge Ben fala brevemente de uma das histórias de amor mais conhecidas pela humanidade. A partir desse sentimento, surgiu o Taj Mahal, considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

A belíssima construção de mármore datada de 1653 foi idealizada pelo imperador Shah Jahan em homenagem à sua esposa favorita, Mumtaz Mahal, falecida no parto de seu 14º filho com o imperador. O Taj foi construído em torno do túmulo de Mumtaz e é até hoje o principal símbolo arquitetônico da Índia.  

Sampa, Caetano Veloso 

Em mais esse clássico da música brasileiro, Caetano narra sua experiência desde a chegada e o estranhamento em São Paulo, até a chegada tímida do pertencimento. O cantor faz um bom jogo de palavras e referências para ilustrar a diversidade que é Sampa e o quanto ao longo de sua história, a cidade abrigou – e continua por abrigar – muitos povos, culturas e sonhos. Caetano pontua ainda o caráter meio caótico de São Paulo, que para muitos, é um charme, e as desigualdades da cidade mais populosa do Brasil. 

Havana, Camila Cabello 

Você provavelmente já ouviu esse que é um dos maiores hits dos últimos anos. A cantora de nacionalidade cubana e americana, Camila Cabello cita nessa música a capital e também principal cidade de Cuba. O clima tropical e as ruas de forte caráter histórico de Havana são um charme só e não é difícil imaginar porque metade do coração de Camila ainda está por lá. 

Gostou? Compartilhe nas suas Redes Sociais! :)