Inegavelmente o Ceará é dos principais destinos de viajantes domésticos e internacionais. Como resultado, o estado tem tido o  número maior de atividades turísticas de todo território nacional.

Muitos fatores corroboram para esse grandioso desempenho bem como para o interesse de tantas pessoas de culturas e origens diferentes. Seja pelo clima, majoritariamente de forte sol ou paisagens das mais variadas: praias, serras, lagoas, rios e sertão. Similarmente, claro, pela nossa deliciosa culinária. 

O Ceará ainda conta com um povo excepcional e com histórias muito inusitadas e curiosas.O povo daqui é conhecido pela gaiatisse, o bom humor e a hospitalidade.

Assim sendo, apresentamos histórias muito peculiares acerca de momentos históricos, acontecimentos, lugares ou mesmo personalidades cearenses que dizem muito sobre esse povo e esse estado abirobado! Umbó?! 

A vaia cearense (IÊÊÊÊÊÊI!)

Começamos com um fato histórico (sim!), um marco tão grande que ultrapassou as fronteiras do Ceará e é conhecido no país inteiro. Trata-se da vaia cearense! 

O momento histórico é datado de 30 de janeiro de 1942. Um grupo de cearenses observava o tempo fechar na Praça do Ferreira, um dos lugares mais históricos e importantes da capital Fortaleza . O Ceará sofria com a seca na época, então no momento em que o sol apareceu e estragou a possibilidade de chuva, o povo ali simplesmente começou a vaiá-lo!

De lá pra cá, a vaia cearense tornou-se uma herança sonora passada de geração em geração em todo o Ceará. Sendo assim, ela hoje tem diversos usos, o principal deles para zombar ou no bom cearensês, frescar com alguém.

A vaia é versátil e não somente usada em momentos de reprovação. Ela ainda é utilizada em momentos de curtição e muita risada entre amigos, por exemplo. 

Dinossauros no Cariri

A região do Cariri é um dos principais expoentes da cultura popular cearense. Por aqui estão localizados municípios importantes como Juazeiro do Norte (do Padre Cícero); Crato; Nova Olinda e Santana do Cariri.

40935783922 42542b7c16 z 1 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados
A figura do Padre Cícero Romão continua sendo uma das mais importantes na história e cultura cearense

Entretanto, engana-se quem pensa que as riquezas da região são apenas culturais. Os sítios arqueológicos também fazem parte desse mix de atrativos imperdíveis para você visitar.

A riqueza geológica e paleontológica da região no Cariri é única no mundo em diversidade e quantidade, tendo sido encontrados registros paleontológicos de mais de 100 milhões de anos por aqui. 

São quase 10 geossítios no Geopark Araripe, entre eles: Geossítio Batateira, Cachoeira de Missão Velha, Colina do Horto, Parque dos Pterossauros e muitos outros.

museu de paleontologia 1 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados
Museu de Paleontologia – Foto: Blog o Badalo

O Museu de Paleontologia do Parque tem mais de 10 mil espécies de fósseis e réplicas fiéis de dinossauros que chegaram a habitar o sertão cearense.

Artefatos pré-históricos em Ponta Grossa 

A comunidade pesqueira de Ponta Grossa, no município de Icapuí, guarda uma riqueza incalculável para o Ceará e sua história. Trata-se de peças e artefatos datados até do século XVI.

A história dessas peças com a comunidade é similarmente incrível. Um dos principais líderes da comunidade, Josué Crispim, começou ainda jovem a notar a existência dos objetos e recolher-os.

Eles estavam enterrados nas dunas e até no fundo do mar da comunidade. Com o passar do tempo, os demais residentes, notando o empenho de Josué em guardar e preservar tais objetos, começaram eles mesmos a entregar as peças quando também as encontravam.

Os anos foram se passando e hoje a comunidade de Ponta Grossa conta com um museu, ainda improvisado que abriga tais relíquias. Entre peças que foram catalogadas pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e as que ainda não o foram, somam-se mais de 6 mil peças. E elas não param de aparecer! 

WhatsApp Image 2019 08 23 at 16.49.38 1024x576 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados
O acervo do museu improvisado de Ponta Grossa já conta mais de 6 mil peças catalogadas – Diário do Nordeste

Dentre os artefatos estão louças, cachimbos, pedras polidas e lascadas, moedas, sinos, fósseis, peças de ferro e metal e muito mais. Os objetos datam do período das navegações e muitos moradores da região acreditam que foi por aqui a chegada dos europeus no Ceará.

Bode eleito 

Poderia ser o Brasil de agora, mas o fato em questão ocorreu na terrinha nos anos 20. O bode Ioiô, desde 1933 empalhado e doado ao Museu do Ceará, onde fica exposto, é também importantíssimo para a história da capital cearense.

O bode veio à Fortaleza junto com retirantes que fugiam da então seca do 15, em 1915 e logo virou símbolo entre os intelectuais cearenses. Ioiô foi vendido por seu então dono para o representante de uma empresa britânica logo que chegou por aqui, e habitava a região da Praia de Iracema.

Logo o bode começou a fazer o trajeto da Praia até a região da Praça do Ferreira e isso tornou-se um hábito diário para o animal. Os intelectuais, que estavam sempre naquela região, meio que adotaram o bode como mascote.

WhatsApp Image 2019 08 23 at 16.17.53 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados
O Bode Ioiô é um dos grandes personagens da cultura cearense

Não demorou para essa boemia de Fortaleza andar com o bode pra cima e pra baixo. Ioiô estava sempre cercado por pensadores e artistas em geral e era muito querido por eles.

O momento histórico mesmo ocorreu em 1921, quando na inauguração do Cine Moderno, novo na região da Praça do Ferreira, Ioiô esteve presente e roubou a cena. Todos aguardavam ansiosos o governador e autoridades do estado para inauguração quando Ioiô quebrou o protocolo e comeu a faixa de inauguração. 

Posteriormente a esse episódio, os então intelectuais e amigos de Ioiô o consagraram informalmente vereador, visto que ele até inaugurou um novo espaço na cidade. A candidatura do bode obviamente não foi legalizada, mas o importante é que ele foi eleito! O mais simpático e querido da região do centro de Fortaleza. É muito inxame! 

O bairro dos cornos 

Decerto o bairro José Walter é famoso principalmente por ser o bairro dos cornos em Fortaleza. A princípio essa é a história contada, muito moradores dizem que é verdade e tantos outros que não. Talvez seja só mais uma marmota do povo cearense, mas mito ou não, a história já foi televisionada até nacionalmente.

São muitas versões da história, mas a principal dá conta que o Zé Walter, um dos primeiros bairros habitacionais de Fortaleza, levou chifre por conta de sua arquitetura.

Dizem que no início da ocupação do bairro, até então um bairro dormitório, as casas eram todas iguais. Isto colaborou para que os maridos que chegavam ao final da noite, entrassem na casa errada por engano e o chifre acontecia. 

Outros dizem que a história real é parecida mas tem suas diferenças. Os defensores dessa corrente afirmam que justamente porque os maridos trabalhavam fora o dia todo, homens de outros bairros apareciam e aí, o resto é só história.

ETs em Quixadá

WhatsApp Image 2019 08 23 at 16.17.54 2 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados

Surpreendentemente estaria em pleno sertão do Ceará um dos lugares que mais recebeu – ou recebe – visita de OVNI’s. Os objetos não identificados teriam começado a aparecer em Quixadá ainda na década de 80 e deu ao pacato município visibilidade mundial. 

O principal acontecido é conhecido como Caso Barroso, o mais famoso relato desse tipo na região do Ceará e mesmo um dos mais famosos do Brasil. O então agricultor Luis Barroso, voltando do trabalho por volta das 04:00 da manhã, teria sido atingido por forte luz que chegou a queimar sua pele. O trabalhador, assustado, chegou em casa apenas para contar o que tinha acontecido. Após o seu relato, ele nunca mais foi o mesmo, passando os anos seguintes de cama e com a mente “apagada”. 

O Sr. Barroso então viveu dessa forma por 17 anos, até o seu falecimento. Durante o período que sucedeu o possível contato extraterrestre, médicos de outros países chegaram a examinar Barroso. Dentre esses países, Itália, Portugal e Espanha porém os estudos foram inconclusivos e até hoje não se sabe ao certo o que aconteceu. 

Fato é que essa cultura extraterrestre é muito forte no município, tendo estátuas e até grupos de estudo e observação com o objetivo de presenciar tais aparições. 

O dicionário cearensês

O povo cearense tem sobretudo um jeito único e charmoso demais de falar, bem como engraçadíssimo. Esse jeitinho todo irreverente e único de falar, o cearensês, além de objeto de estudo, rendeu muitos cordéis e até filmes de proporção nacional.

O curioso jeito de falar do cearense vem de muitas, mas muitas referências diferentes, mesmo! Do português dos colonizadores ao tupi dos povos tradicionais indígenas e até variações de outros países como Espanha, Estados Unidos e Inglaterra.

A passagem de todos esses povos pelo Ceará em dados períodos não passou em branco, pois daí o povo cearense reinventou o seu dialeto de forma única.

Dessa forma, o dicionário cearensês é artigo fundamental nas lojinhas e mercados populares para turistas, que ficam encantados ou mesmo risonhos com o sotaque e as expressões locais. É impossível vir ao Ceará ou conhecer um cearense e sair ileso. Sendo esse um dos fatores que mais chama atenção na cultura local, o cearensês além claro, do dia a dia do cearense, está em nome de estabelecimentos, eventos e até marcas locais. 

Uma forma única de aproximar o cearense ou quem tem interesse nessa terra maravilhosa sem dúvida é a linguagem, totalmente infalível. Quem veio por aqui comprova então, avia!  Vem conhecer o Ceará e se encher de amor e risadas. 

Seu Lunga 

É provável ainda que mesmo quem não mora em Fortaleza tenha ouvido falar de Seu Lunga ou de suas histórias de intolerância a perguntas “idiotas”. A fama do comerciante Joaquim dos Santos Rodrigues começou a espalhar-se pelo Ceará e até para além disso em 1982.

O que ocorreu foi a publicação de um xilógrafo chamado Abraão Batista, e nela chama Seu Lunga de “o homem mais zangado do mundo”. A publicação de 32 páginas contava causos do Seu Lunga e de suas respostas ácidas e impacientes. 

lunga8 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados
Almanaque do Centenário de Juazeiro do Norte Na foto: Seu Lunga, figura popular em Juazeiro que ganhou fama pela personalidade forte. Virou personagem de histórias como homem irônico e mal-humorado Foto: Iana Soares, em 03/06/2011

Apesar da popularidade, ela veio de forma um tanto negativa e Seu Lunga processou o xilógrafo e venceu o processo, o proibindo de tocar em seu nome. Entretanto já era tarde demais e a fama e os causos de Seu Lunga estavam espalhados por todo Ceará e assim é até hoje. 

Tanto tempo depois, ainda existem muitos cordéis e outras publicações acerca das respostas prontas de Seu Lunga. A cidade do comerciante, Juazeiro do Norte, também na região do Cariri tem muitas lembranças do velho Lunga e é negociada uma estátua de bronze dele no lugar onde costumava ficar sua casa. 

Quem o conheceu de perto garante que ele era um homem generoso, atencioso e brincalhão. Fato é que a fama de Seu Lunga, boa ou ruim, tornou o seu comércio em Juazeiro um ponto turístico. Turistas do Brasil todo que passavam por aqui faziam questão de conhecer Seu Lunga e testemunhar a cultura viva em forma de uma das principais personalidades do Ceará. 

WhatsApp Image 2019 08 23 at 16.17.54 - Ceará - As Histórias e personagens inusitados
Guabiras (o chargista) – Jornal O Povo


Gostou? Compartilhe nas suas Redes Sociais! :)