Quando falamos em Nordeste a primeira coisa que vem à mente da maioria das pessoas é praia. Meio óbvio, não? Mas outros podem pensar na infinidade de comidas gostosas, daquelas que a gente sabe que só encontra no Nordeste mesmo; na cultura e receptividade deliciosa do seu povo.

Mas longe de tudo isso, O Cânion do Xingó, no Rio São Francisco, mostra que a região é muito além de tudo isso. Sendo também um lugar especial para quem ama aventuras e experiências mais voltadas ao ecoturismo.

O Cânion do Xingó

Canion do Xingo Caninde Sergipe2 - Cânion do Xingó: como visitar e fazer o passeio de barco
O Cânion do Xingó, Rio São Francisco

Considerado o quarto maior cânion do mundo e o maior cânion navegável, o Cânion do Xingó possui belos paradões rochosos esculpidos naturalmente, há mais de 60 mil anos, com a ação do clima e dos ventos. Mas até aqui, o local era somente uma fenda entre dois picos de montanhas próximas e não recebia visitantes.

O rio Xingó é um dos inúmeros braços do Velho Chico, já na parte alagoana. Com a construção da barragem do Xingó, o Rio São Francisco triplicou seu tamanho, retendo seu volume e inundando as áreas ao redor. Um desses locais é hoje o chamado Cânion do Xingó.

Como chegar ao Cânion do Xingó

O Cânion do Xingó fica na parte Alagoana do rio, sendo preciso navegar 17 quilômetros pelo rio São Francisco para se chegar até o local.

O percurso pode ser feito de lancha ou de catamarã e o ponto final é um passeio por entre os paredões do Xingó e um mergulho em suas águas verdes. Passeio que colocou o estado de Sergipe na wish list de muitos viajantes.

Saindo das principais capitais da região, tanto a partir de Maceió quanto de Aracaju são, no mínimo, 3h de viagem. Sendo assim, é recomendável fazer o passeio em 2 ou 3 dias, hospedando-se na região. Principalmente quem viaja com crianças ou mesmo pessoas mais idosas.

Como é o passeio ao Cânion do Xingó

26254359547 6fdb1d7100 k - Cânion do Xingó: como visitar e fazer o passeio de barco
O passeio pelo Cânion é feito em barcos catamarãs que partem tanto de Piranhas (AL) quanto de São Francisco de Canindé (SE).

São três horas de passeio: uma hora navegando pelo Rio São Francisco, uma hora de parada para banho e mais uma hora para retornar. A partir de São Francisco de Canindé, os catamarãs saem do porto que fica em frente ao Restaurante Karrancas.

Independente da cidade-base, os passeios costumam sair cheios. Mas é possível agendar antes, na cidade mesmo. No dia do passeio o guia vai chamando os passageiros pelo nome e ordem de chegada.

O passeio de catamarã em si é só a navegação por entre os paredões de rocha do rio. Os primeiros cânions são a Pedra do Gavião, o Morro dos Macacos e a Pedra do Japonês. A parada para banho acontece no Porto do Brogodô, espécie de cercadinho onde todos ficam aproveitando as águas verdinhas e mornas do Rio São Francisco.

Porto do Brogotô, Cânion do Xingó
O Porto do Brogodô é o principal ponto do passeio pelo Cânion do Xingó. Aqui, turistas se deliciam com águas verdes e mornas do São Francisco. Foto: Cleverton Ribeiro/MTur

Cânion do Xingó é formado por um vale profundo. São mais de 60 quilômetros de extensão e a água do rio pode chegar a 190 metros de profundidade! Daí a necessidade desse cercadinho. Outra piscina natural, essa bem menor, é indicada para as crianças.

A estrutura do barco é boa. Tem banheiro e lanchonete. Servem espetinhos, bebidas e sorvete a bordo.

Gruta do Talhado

Gruta do Talhado - Cânion do Xingó
Gruta do Talhado. Foto: Blog Vida Cigana

A Gruta do Talhado é o ponto final do passeio e também considerada a parte mais bonita e marcante para quem visita o Cânion. Pena que para visitar esse ponto é preciso pegar uma embarcação menor (R$ 10,00), geralmente botes, com barqueiros de prontidão.

Depois de pegar a embarcação, o barqueiro rema até os paredões estreitos do cânion. O caminho é bem curto e leva cerca de 15 minutos. Mas a beleza do local é realmente impressionante.

Canion do Xingo Como chegar Caninde Sao Francisco Sergipe gRUTA - Cânion do Xingó: como visitar e fazer o passeio de barco
Para visitar a Gruta do Talhado é preciso contratar outro passeio em embarcações menores. Foto: Matraqueando

Onde se hospedar

As cidades mais próximas são Canindé de São Francisco, em Sergipe, e o município de Piranhas, em Alagoas. Em Canindé, por exemplo, há opções de resorts com infraestrutura completa para adultos e crianças.

Dicas:

  • O passeio até o Cânion saindo custa R$ 100 por pessoa (mais R$ 10 para pegar o barquinho até à Gruta do Talhado, trecho opcional). Referência: Nov/2019.
  • Você pode adquirir o passeio direto no seu hotel. O que é mais indicado, já que os barcos costumam sair lotados.
  • Horário de saída: às 11h30, com outros horários, de acordo com a demanda.
  • O passeio tem duração de 3h


Gostou? Compartilhe nas suas Redes Sociais! :)