O Brasil é um dos países mais bonitos para se visitar no mundo. Sendo muitos dos seus atrativos – naturais, históricos e culturais – únicos e capazes de proporcionar experiências inesquecíveis para os seus visitantes.

Em relação a sua história, o país carrega registros arqueológicos, ruínas e construções que impressionam não só pela beleza como por sua importância cultural e social, ajudando a entender um pouco mais sobre o Brasil de hoje.

Abaixo, você vê a lista completa dos 14 patrimônios Históricos e Culturais da Humanidade brasileiros que foram tombados pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

Muito mais do que lindos, eles nos contam sobre a dimensão da intricada história de colonização e de exploração do Brasil.

1. Centro Histórico de Ouro Preto, Minas Gerais

40157523654 0e8b322c17 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
OURO PRETO / MINAS GERAIS / BRASIL (26.02.2018) Rua do Bancos (Rua Sao Jose). Foto: Pedro Vilela / Agencia i7

Foi aqui, na antiga Vila Rica, que o episódio da Inconfidência Mineira, uma conspiração fracassada de independência da Coroa Portuguesa, aconteceu. Ouro Preto foi erguida ainda no século 17, mas seu bom estado de preservação ainda mantém vivas as histórias do período de ascensão da exploração do ouro no estado. As esculturas barrocas de Aleijadinho, o maior artista do Brasil Colonial, combinadas com as pinturas de Manuel da Costa Athaide, dão à cidade uma importância artística fundamental na história do Brasil.

2. Centro Histórico de Olinda, Pernambuco

40908440661 615580b059 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
OLINDA / PERNAMBUCO/ BRASIL (02.03.2018). Foto: Bruno Lima/MTur

Erguida pelos portugueses em 1535 no alto de morros que dão uma visão estratégica para o Oceano Atlântico e para o Porto, Olinda é um destino que pode facilmente ser conjugado com Recife, a capital do estado. Afinal, apenas 9km separam as duas cidades.

Suas ruas são repletas de casinhas com fachadas coloridas que levam ao ponto mais alto da cidade – a Catedral Alto da Sé, de onde se vê todo o arredor e de onde pode-se partir para visitar as inúmeras igrejas espalhadas pela cidade, casarões antigos, museus, ateliês de artesanato e jardins dos antigos conventos.

3. Ruínas de São Miguel das Missões, Rio Grande do Sul

39333998240 12519c514a k 1 - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo – Patrimônio Mundial pelo UNESCO. FOTO: Jefferson Bernardes/Preview.com

Erguidas pelos padres jesuítas em territórios pertencentes aos índios Guaranis entre os séculos 17 e 18, as construções serviam como pólos para catequizar as pessoas que moravam aqui antes da chegada dos portugueses. Sendo integrante dos chamados Sete Povos das Missões, e um dos principais vestígios do período das missões jesuítas pelo mundo.

O conjunto arquitetônico está espalhado pelo sul do Brasil e a Argentina, tendo sido tombado pela Unesco em 1983. Ali, viveu uma comunidade de indígenas que adquiriu conhecimentos tecnológicos, graças à interação com os jesuítas, mas foi massacrada pelos invasores.

4. Centro Histórico de Salvador, Bahia

41036448742 fbce888881 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Igreja de São Francisco de Assis. Foto: Marcio Filho/MTur

Os prédios coloridos do centro histórico de Salvador, a primeira capital do Brasil, foram tombados como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1985, por serem célebres representares da arquitetura renascentista. Outro critério importante para o tombamento, segundo a Unesco, foi a importância histórica da cidade como um ponto de conversão entre as culturas dos africanos, europeus e dos indígenas brasileiros, o que evidencia a história de exploração dos brancos sobre outras sociedades.

5. Santuario de Bom Jesus de Matosinhos em Congonhas, Minas Gerais

Construído na metade do século 18, o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos tem um interior inspirado no rococó italiano, sete capelas que ilustram a Via Crucis e uma escadaria exterior decorada com estátuas dos profetas católicos.

Feitas em Pedra Sabão, as estátuas são legítimas representantes da obra de Aleijadinho, um trabalho absolutamente emocionante para quem visita o local. O Santuário foi fundado pelo português Feliciano Mendes em pagamento a uma graça alcançada, mantendo-se preservado ainda hoje, com as características originais.

6. Brasília, Distrito Federal

39098940290 9c4cc4e144 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Brasília 20/01/2017 – Brasília – Esplanada dos Ministérios – Congresso Nacional . Foto: ROBERTO CASTRO/Mtur

Fundada em 21 de abril de 1960, Brasília, a capital brasileira, foi tombada como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1987, tendo sido considerada, segundo a Unesco, um divisor de águas na história do planejamento urbano.

O plano piloto foi idealizado por Lucio Costa e os edifícios arquitetados pelo célebre Oscar Niemeyer. A ideia do presidente na época, Juscelino Kubitscheck, era de criar do zero uma nova capital para o Brasil, e transferir os três poderes da República para aquele pedaço do cerrado brasileiro.

O planejamento urbanístico de Lúcio Costa previa 500 mil habitantes no ano 2000, mas a cidade hoje já comporta mais de 2 milhões de habitantes.

7. Parque Nacional da Serra da Capivara, Piauí

40882272242 6ca1edcd01 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Parque Nacional da Serra da Capivara. Foto: Chico Rasta/MTur

O Parque Nacional da Serra da Capivara é um dos sítios arqueológicos mais antigos da América do Sul. O local é repleto de cavernas rochosas onde encontram-se pinturas rupestres, algumas feitas a mais de 25 mil anos, que relatam a vida, os costumes e a cultura do povo que originou a ocupação do continente Americano. São mais de 300 pontos de interesse, espalhados numa área de 214 quilômetros.

O Parque foi fundado em 1979, mas só ganhou o status de Patrimônio da Unesco em 1991.

8. Centro Histórico de São Luís, Maranhão

40864513481 d1c0e78d53 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Rua do Giz – Centro Histórico de São Luís. Foto: Douglas Júnior/MTur

Portugueses, franceses e holandeses ajudaram a moldar, com suas influências, o Centro Histórico de São Luís, reconhecido como Patrimônio Cultural da Humanidade pelo conjunto arquitetônico colonial – formado pelas ruas retangulares e casarões dos séculos 18 e 19, muitos cobertos por belos azulejos lusitanos.

9. Centro Histórico de Diamantina, Minas Gerais

40824744632 7375a46270 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
DIAMANTINA / MINAS GERAIS / BRASIL (04.03.2018) Edificio do Forum. Foto: Pedro Vilela / Agencia i7

Uma das cidades históricas mais peculiares do estado de Minas Gerais, Diamantina recebeu o título de Patrimônio da Unesco em 1999.

As construções históricas, do século 18, enchem de charme o local. São igrejas e sobrados suntuosos que remetem ao período colonial, quando a vida no arraial girava em torno da extração de pedras preciosas.

10. Centro Histórico de Goiás

40262160604 95ca1b85ef k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Museu Arte Sacra da Boa Morte – Centro Histórico de Goiás. Foto: Pablo Regino/MTur

Construída no século 18 de maneira a respeitar a geografia local, Goiás Velho (como é chamada pelos mais íntimos) tem um belíssimo conjunto arquitetônico formado por casinhas e igrejinhas em meio a ruas sinuosas, capazes de facilmente transportar os visitantes aos tempos áureos da exploração do ouro na região.

Cercada pela Serra Dourada e cortada ao meio pelo Rio Vermelho, essa antiga capital do estado tornou-se Patrimônio da Unesco em 2001, justamente pela capacidade de seus fundadores de erguerem uma cidade em meio a montanhas, inspirados na arquitetura europeia.

11. Praça São Francisco em São Cristovão, Sergipe

sao c - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Praça São Francisco, em São Cristovão. Foto: Viagem e Turismo

Essa praça localizada na pequena cidade de São Cristóvão, no interior do Sergipe, é um exemplo da arquitetura típica dos franciscanos, ordem que ajudou a colonizar o Nordeste brasileiro (No Ceará, o Mosteiro dos Jesuítas, em Guaramiranga, é outro imponente monumento dessa ordem).

Cercada por edifícios históricos como a Igreja de São Francisco, a Santa Casa da Misericórdia, o palácio e ainda, as casas erguidas entre os séculos 18 e 19, a praça recebe desde os tempos mais remotos, importantes manifestações culturais e sociais na cidade.

12. Paisagens Cariocas

27092862588 da65084136 k - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Praia de Ipanema – Rio de Janeiro . Foto: Bruna Prado/MTur

Os atrativos naturais que dividem espaço com o urbanismo carioca, fazem desse destino um dos mais bonitos do mundo e também dos mais visitados. O Parque Nacional da Tijuca, o Jardim Botânico, o Corcovado (com a estátua do Cristo Redentor), a praia de Copacabana, o aterro do Flamengo e as colinas que cercam a Baía de Guanabara fazem parte dessa imensa lista de atrativos.

O “conjunto da obra” rende ao Rio o status de uma das cidades mais mencionadas na arte, na literatura, na música e na poesia brasileiras – um dos fatores que fez a Unesco incluir a cidade no rol dos patrimônios mundiais.

13. Pampulha, Belo Horizonte

mg23 - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Pampulha, Belo Horizonte, Minas Gerais. Foto: Viagem e Turismo

Desenhado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, com projeto urbanístico de Lúcio Costa, o bairro da Pampulha foi concebido por Juscelino Kubitscheck em 1940 – prefeito de Belo Horizonte à época – para ser conhecido como o bairro mais lindo do Brasil.

As construções ficam ao redor de um lago artificial, e as mais famosas são a Igreja de São Francisco de Assis, adornada com painéis do artista brasileiro Cândido Portinari, a marquise e os jardins que circundam a lagoa, a Casa do Baile e o Museu de Arte da Pampulha.

14. Cais do Valongo, Rio de Janeiro

istock 824909710 - Os 14 patrimônios culturais da Humanidade que ficam no Brasil
Cais do Valongo, Rio de Janeiro. Foto: luizsouzarj/iStock

O Cais do Valongo é Patrimônio mais recente do Brasil, foi tombado em 2017 pela Unesco. Localizado na região portuário do Rio de Janeiro, o local foi o mais importante porto de entradas de escravos africanos do Brasil – cerca de 900 mil africanos chagaram à America do Sul através dele. 

Assim como o Campo de Concentração de Auschwitz, na Polônia, o Cais do Valongo foi reconhecido pela Unesco como local de memória de eventos traumáticos e de sobrevivência.


Gostou? Compartilhe nas suas Redes Sociais! :)